quinta-feira, 28 de agosto de 2014

.Paula Gascón.


Neste último sábado, fui madrinha no casamento de meu cunhado e quando soube que poderia escolher a cor que quisesse para o vestido, contanto que não fosse preto e obviamente, branco, comecei a procurar um modelo que fosse acima de tudo confortável e que eu pudesse usar com um salto médio ou baixo. Salto fino e alto é lindo, mas, só consigo usar por um bom tempo se ficar sentada. Não é pra mim e nunca consegui me acostumar.

Acho que quem já foi madrinha ou teve que usar um vestido longo de festa, sabe que é bem difícil de encontrar um modelo bonito e de uma cor legal, que fique perfeito no corpo e ainda com um bom preço. Pensando em tudo isso e após uma mega pesquisa do que eu realmente queria usar, recorri a uma pessoa que amo muito e que tem um talento imenso, como pouquíssimas na lida de desenvolver peças de moda festa e figurinos de teatro e ópera: minha amiga querida e já bem conhecida por aqui, Paula Gascón

Nada melhor do que uma roupa sob medida, ainda mais, quando você sabe quem consegue fazer, entender e aprimorar o que você de fato deseja. A Paula é estilista de formação, assim como eu, mas, diferente de mim, praticamente cresceu em um atelier de costura, onde sua avó, uma pessoa primorosa no assunto "modelagem e costura", a instruiu neste ofício tão lindo e que faz parte de nossa profissão. Ouvir a avó dela, Dona Maria Luisa, dizer como ama o que faz e sobre muitas de suas histórias em seus longos anos trabalhando com moda, é um baita ensinamento. Um prazer tê-las em minha vida!

Voltando à minha escolha e à de minha sogra, que também fez seu vestido com a Paula. Depois de pesquisar bastante e ficar em dúvida entre um vestido leve, clean, de mangas raglan (meu modelo de manga predileto) e outro com vários recortes na parte de cima e manga longa, ambos em um shape levemente sereia, optei por aquele que tinha mais a ver com a ocasião "casamento à tarde e no campo": o primeiro descrito.

Já minha sogra, mãe do noivo, escolheu um vestido com recortes na parte superior, que mais pareciam desenhos art nouveau e com um tule escuro sobrepondo uma base neutra e mais ajustada ao corpo. Vale dizer que, antes de termos certeza absoluta dos modelos que queríamos, fomos atrás dos tecidos, já sabendo das adaptações que faríamos nos vestidos. É sempre bom dar uma olhada no que o mercado nos proporciona antes de fecharmos um negócio com uma modelista/atelier. O que mais se encontra por aí, são vestidos longos de festa feitos em tecidos errados, o que não ajuda em nada o caimento perfeito na hora de vesti-los.

No final do ano, a Paula vai lançar sua primeira linha de vestidos longos e curtos de festa, mas, pra quem quiser desenvolver algum modelo exclusivo com ela, é só entrar em contato: paula.gascon@gmail.com

Eu indico! O trabalho dela é excelente! :)



Batom maravilhoso que vi a Fabíola usando, morri de amores e comprei também: Fucsia Matte, da Avon.







2 comentários: